Cantadas

Conheca-as-armas-contra-o-assedio-sexual

 

Eu estou trabalhando com atendimento ao cliente e no geral eu acho bem legal conversar com pessoas diferentes. As vezes incomoda quando não rola nem um “boa tarde, você tem o livro tal?” e respostas meio grossas e irritadas quando a resposta não é favorável. As vezes faço amizade, recomendo livro, me recomendam outros, falam da vida e fico feliz. Assim o dia segue.

Só que esses dias passei por uma situação triste. No meio do atendimento o rapaz começou a me cantar. Me chamou de bonita, passou a mão no meu braço, me chamou de amor e terminou com um “eu volto para te ver”. Não, não volte. Não quero te ver, não sou seu amor e não me importo se você me acha bonita ou não.

O pior de tudo foi não conseguir rebater. Pensei no emprego que precisava. Fiquei quieta, triste e surpresa. Uma sensação de impotência que me atingiu fortemente. No meio do meu dia, no meio do meu trabalho e lá estava um homem achando que tinha direito de falar o que bem quisesse, como eles sempre acham que têm.

Essa impotência no meu dia a dia me fez lembrar de uma conversa com algumas feministas onde foi perguntado se nós contrataríamos homens para trabalhos domésticos (faxina, cuidar de crianças ou idosos e etc) e todas falaram que não. Que não se sentem seguras com homens dentro de casa.

Pensei em todas as vezes que estava sozinha em casa e tive que receber algum homem para fazer reparo ou instalar internet + tv. Todas as vezes eu fico com medo. Todas as vezes eu mudo a roupa que estou. Todas as vezes eu aviso alguém quando o homem chega e quando vai embora. Todas as vezes tento me acalmar lembrando que a minha cachorra pode me proteger pelo menos um pouco. Toda vez respiro aliviada quando a presença masculina vai embora e eu fiquei bem.

Atravessar a rua quando vê um homem se aproximar, evitar contratar serviços, prender o cabelo, trocar a roupa, sentar do lado do corredor no transporte público…são todas ações ‘pequenas’ que fazemos todos os dias para sobreviver ao machismo. Infelizmente nada de novo aqui.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s