As vezes entramos em um ritmo maior do que conseguimos lidar e o resultado disso é ansiedade empilhada em ansiedade e é exatamente assim que estou. 

Perdida no meio do dilema de continuar assim porque não quero abrir mão de projetos que adoro com a vontade imensa de jogar tudo pro alto e respirar aliviada. 

Até que em um desses dias eufóricos em que estava bem atordoada, uma amiga me relembrou que preciso respirar. Desacelar. Lembrar de fazer algo para mim no dia final do dia. Algo obvio mas que eu tinha deixado soterrado no meio de tantas emoções. (Porque não bastam os projetos…parece que todo o caos emocional e problemas precisam vir de uma vez só).

Depois desse clic consegui passar o final de semana calma e quando vi que a ansiedade ia voltar com tudo quando se anunciou o começo da semana, parei, respirei e não estou reconhecendo a minha calmaria. 

Preciso gravar? Preciso. Tenho reunião? Sim. Emails pendentes? Aham. Problemas familiares? Opa! Mas to aqui, deitada, serena.

Apenas lembre de respirar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s